C A S B A H

C     A     S     B     A     H

sexta-feira, 7 de março de 2014

Além da minha triste sobrevivência
Eu tento entender a razão da minha existência.
Por que que eu nasci?
Por que tô aqui?
Um penetra no inferno sem lugar pra fugir.
Vivo na solidão mas não tenho privacidade
E não conheço a sensação de ter um lar de verdade.
Eu sei que eu não tenho ninguém pra dividir o barraco comigo
Mas eu queria morar numa favela, amigo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário